Fazendo arte

29 de dezembro de 2011 at 12:30 pm Deixe um comentário

Aderir ao uso de quadros na decoração pode ser uma excelente maneira de possuir obras de arte em casa, além de valorizar os espaços de forma sofisticada

O tamanho de um quadro deve ser proporcional ao tamanho da parede ou do móvel

Prego na parede, martelo nas mãos e pronto. Pode parecer tarefa fácil, contudo inserir um quadro no ambiente vai muito além de apenas pendurá-lo. Apesar de não existir uma receita pronta, quando mal explorado, esse elemento decorativo pode passar a mensagem errada.
Abstratos, moderninhos, consagrados ou de autores desconhecidos. De vários tamanhos e desenhos, os quadros roubam olhares e deixam qualquer ambiente mais sofisticado. Para a arquiteta Flávia Soares, não existe um quadro com medidas ideais. Estas vão depender da disposição do espaço: “O tamanho ideal de um quadro é muito subjetivo. A regra é que seja proporcional a um móvel ou ao tamanho da parede. O importante mesmo é que este item represente alguma coisa para o ambiente”.

Qualquer espaço pode receber quadros, mas é necessário ficar atento a algumas dicas para garantir um bom resultado. “Ambientes pequenos podem receber quadros grandes. Nesse caso, eles devem ser o objeto de maior importância. Os espaços maiores podem ganhar vários quadros pequenos sem perda de qualidade e beleza. Uma boa opção é usá-los formando uma montagem. O resultado é esteticamente muito interessante”, avalia Flávia.

Não existe uma regra para o número de quadros que um ambiente pode ter

Em relação à quantidade, é permitido cometer abusos desde que o bom senso seja preocupação constante, alerta Flávia: “Quando bem colocados, constituindo uma mistura consciente, os quadros formam uma bela composição, capaz de capturar o olhar por horas a fio. Mas se essa composição for feita de forma errada, o resultado é desastroso. O ambiente fica carregado e cansa os olhos”.

E uma notícia para aqueles que dizem não lançar mão desse poderoso objeto decorativo por causa do valor: “O preço de um quadro depende do sucesso do artista. Eu, por exemplo, adoro descobrir artistas. Acredito que desta forma, contribuo para a disseminação da arte e ainda deixo a casa mais bonita e moderna gastando pouco”, defende a arquiteta.

Fonte: Mão Dupla Comunicação/Fotos: Flávia Soares

Anúncios

Entry filed under: Decoração, Dicas. Tags: , , , .

Um pouco mais sobre a MRV MRV melhora vias de acesso em bairros de Piracicaba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Sobre o Blog MRV

Aqui você encontra notícias sobre o mercado imobiliário, lançamentos de empreendimentos, hotsites e campanhas, dicas de decoração, matérias sobre a MRV.

Galeria MRV no Flickr

dezembro 2011
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Feeds

MRV no Twitter


%d blogueiros gostam disto: